Prefeitura de Itapevi visitou mais de 3,3 mil residências em mutirões à dengue

img1806
Os mutirões serão realizados todos os sábados em diferentes bairros do município até o dia 27 de abril. (Foto: Divulgação)

Desde o início do mutirão "Todos contra o Aedes aegypti", realizado a partir do dia 12 de janeiro pelo Departamento de Controle de Vetores da Prefeitura de Itapevi, 3.394 residências já foram visitadas em toda a cidade. O levantamento foi feito nesta segunda-feira (4) pela Secretaria de Saúde do município.

O objetivo da ação é eliminar focos do mosquito transmissor da dengue, zika e chikungunya, assim como conscientizar a população sobre a importância de enfrentar de modo permanente o Aedes Aegypti. O mutirão já percorreu quatro bairros: Jardim Santa Rita, Vila Santa Rita, Jardim Rainha e Chácara Vitápolis.

Nestes bairros, a Prefeitura colocou telas para proteger caixas d'água em 340 imóveis. Em 22 residências foram encontradas larvas do mosquito transmissor das doenças e os focos foram eliminados. A administração, com apoio dos soldados do Exército a partir desta quarta edição, no último sábado (2), conseguiu trabalhar, nos mutirões, em um total de 2.503 imóveis.

No entanto, os agentes de Saúde e de Controle de Endemias encontraram 845 residências fechadas e, em 34 ocasiões, os moradores se recusaram a deixar as equipes técnicas entrarem para realizar as vistorias e combater o vetor. Foram encontrados 12 imóveis desocupados ao longo destes mutirões.

"É importante que a população nos ajude abrindo suas casas para inspeção. Nossos técnicos são capacitados e estão em mutirão para orientar e esclarecer dúvidas e não autuar", explicou a secretária de Saúde de Itapevi, Luiza Nasi.

Os mutirões serão realizados todos os sábados em diferentes bairros do município até o dia 27 de abril. A iniciativa conta com agentes de Saúde e de Controle de Endemias em visita direta às residências. O serviço de Cata-Bagulho também foi reforçado e já recolheu cerca de 46 toneladas de entulho até o último sábado (2).

De acordo com a coordenadora do Departamento de Controle de Vetores, Sirlei Mazzei, ainda há muito trabalho a ser realizado. "Nosso intuito é percorrer todo os bairros da cidade com o propósito de trabalhar preventivamente em relação aos casos e focos do mosquito", destacou.

Desde 2017, a administração municipal também tem trabalhado para conscientizar a população sobre a importância de eliminar os focos do mosquito, realizando ações de rotina e mutirões nos bairros, distribuindo informativos e colocando banners e outdoors em pontos estratégicos da cidade.

Aedes aegypti

Com hábitos diurnos, o mosquito se alimenta de sangue humano, sobretudo ao amanhecer e ao entardecer. A reprodução acontece em água limpa e parada, a partir da postura dos ovos pela fêmea em diversos criadouros.

Para combater o mosquito, é de extrema importância que a população atenda os agentes de endemias e abra as residências para vistorias de potenciais criadouros do vetor.

Vale destacar que o munícipe também deve contribuir com a redução da doença evitando recipientes com água parada através de medidas simples tais como: o lixo deve ser colocado no lixo, o descarte de copos e garrafas devem ser feitos em lixeiras, realizar periodicamente limpeza das calhas, tampar ralos e vasos sanitários.

Outras medidas são: verificar os materiais inservíveis, que devem ser colocados para coleta pública, tampar os tonéis e caixas d´água, manter o lixo em sacos bem fechados, deixar garrafas sempre viradas de boca para baixo, eliminar o prato de vasos de plantas ou usar prato justaposto, limpar com escova ou bucha os potes de água dos animais, retirar a água acumulada atrás da geladeira ou da máquina de lavar, telar e tampar caixas d'água e não deixar acumular água em lajes, uma vez que a maior proliferação de larvas são encontradas nestes reservatórios.

Cronograma dos Mutirões

No próximo sábado (16), a quinta edição do mutirão percorre ruas e avenidas dos bairros Jardim Itaparica e Vila Dr. Cardoso. Na sequência, serão:

– 23 de fevereiro – Vila Dr. Cardoso II

– 9 de março – Jardim São Carlos

– 16 de março -Jardim Briquet

– 23 de março – Jardim Santa Cecília e Colinas de Itapevi

– 30 de março – Cohab

Veja mais notícias sobre SaúdeItapevi.

Veja também: