MEI tem até 50% de desconto em plano de saúde

plano-de-sade-certo-1024x683-1024x640
Veja os pré-requisitos básicos. (Foto: Divulgação)

O Plano de Saúde Empresarial pode ser contratado desde que o MEI atenda a alguns pré-requisitos básicos solicitados, como:

  • CNPJ;
  • Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica;
  • Número mínimo de pessoas.

O número mínimo de pessoas pode variar de acordo com a seguradora que está oferecendo plano. Algumas delas exigem que para a realização do contrato do plano de saúde empresarial, sejam inclusas, no mínimo, duas ou três pessoas.

O plano empresarial costuma ser consideravelmente mais barato que o plano de saúde individual, de modo que alguns planos empresariais podem chegar a ter um desconto de 40% em cima do valor do plano individual. Porém, para garantir que você está contratando a melhor taxa do mercado, é necessário fazer uma pesquisa no mercado.

Dessa forma, cada seguradora exige regras específicas para a contratação de seus serviços oferecidos. Devido a isso, é necessário realizar uma pesquisa com o intuito de descobrir qual seguradora se encaixa no seu negócio e atende suas necessidades.

Para a simulação de um plano de saúde empresarial, o MEI deverá apresentar o CNPJ da empresa, a quantidade de beneficiários que serão inclusos e atendidos pelo plano, além de estimar qual seria o tempo de carência necessário e outras informações.

Antes de contratar um plano de saúde empresarial, é necessário que o microempreendedor olhe não apenas para o valor a ser pago, mas também outros elementos oferecidos, como:

  • Carência;
  • Abrangência do plano;
  • Reajuste no valor;
  • Registro na Agência Nacional de Saúde Suplementar;
  • Coberturas Obrigatórias.


O tempo de carência de um plano de saúde é o tempo que o cliente precisa esperar após a contratação do plano para realizar alguns procedimentos ou até mesmo o plano por completo.

Dessa forma, o tempo de carência varia de acordo com a seguradora e com as exigências feitas por cada uma delas. Assim, é importante entrar em contato com o corretor da operadora e coletar informações acerca do tempo de carência para a utilização completa do plano.

Outro questionamento importante a ser feito anteriormente a contratação de um plano oferecido por alguma asseguradora, é em relação a área de abrangência.

Ou seja, isso significa que o cliente deve saber em quais localidades o atendimento médico poderá ser feito com a utilização do plano de saúde. A abrangência ofertada pode ser local, regional ou nacional, de acordo com a operadora que oferta o plano.

Dessa forma, é necessário que o cliente pense bem em seus hábitos de viagem e deslocamento antes de contratar um plano de saúde empresarial. Por mais que o plano regional seja mais barato que o nacional, a economia pode sair cara caso as viagens ocorram frequentemente.

Entretanto, caso o consumidor viaje pouco e sempre se mantenha na área de cobertura do plano, é recomendado a contratação do plano regional. Contudo, algumas operadoras ofertam os planos regionais e nacionais com uma mínima diferença de preços.

Nesse caso, se torna mais interessante a contratação do plano de abrangência nacional, com o intuito de realizar possíveis viagens sem a preocupação se o plano cobrirá os gastos caso ocorra algum acidente.

Veja mais notícias sobre SaúdeEmpreendedorismo.

Veja também: