2ª Caminhada de Conscientização aos cânceres de mama e próstata leva 400 participantes para as ruas de Itapevi

2019-10-05-Caminhada-Pode-ser-Rosa-Pode-ser-Azul-Felipe-Barros-353
Dentre as ações promovidas pela prefeitura ao longo do mês de outubro, estão as inéditas tatuagens reparadoras e definitivas em mulheres que fizeram mastectomia

A manhã de sol empolgou mais de 400 voluntários que participaram da 2ª edição da caminhada de conscientização sobre a importância do diagnóstico precoce para o combate aos cânceres de mama e de próstata, organizada pela Prefeitura de Itapevi.

A concentração começou, por volta das 8h, em frente ao prédio da administração municipal (Rua Agostinho Ferreira Campos, Vila Nova Itapevi), com participantes vindos de diversos bairros da cidade.

A Prefeitura distribuiu 400 camisetas da campanha Pode Ser Azul, Pode Ser Rosa que esgotaram rapidamente e panfletos informativos sobre as duas doenças. Para a dona de casa Patrícia do Carmo, 48 anos, moradora do Cardoso, é essencial falar destes temas para a população em geral. "A prevenção é o melhor remédio e é importantíssimo dar publicidade para dois temas que ainda são tabus na sociedade", contou.

Segundo a secretária de Saúde de Itapevi, Luiza Nazi, é muito importante o trabalho de conscientização da prevenção dos cânceres de mama e próstata. "A mobilização da população é o melhor caminho, além dos cuidados de ir aos médicos, as mulheres podem fazer em casa, pelo menos uma vez por semana realizar o autoexame nas mamas", explicou a secretária. Sobre o câncer de próstata, o mais incidente entre os homens, Luiza contou que em 98% dos casos têm cura, caso seja identificado no início. "Os homens têm um preconceito muito maior, mas antes do exame de toque, pode ser realizado o exame de sangue PSA, caso existe alguma alteração, essa pessoa será indicada para um especialista", falou.

A caminhada começou por volta das e a multidão tomou uma pista da Avenida Presidente Vargas, e seguiu até a Praça 18 de Fevereiro. O estudante João Pedro Alves, de 18 anos, morador da Vila Aparecida, participou pelo pela primeira vez da caminha na vida. "A conscientização é necessária para todo mundo, seja jovem ou mais velho, por isso é necessário participar e divulgar essas causas", disse o jovem.

As pessoas chegaram na Praça 18 de Fevereiro, por volta das 10h, e grande parte participou do aulão de Zumba.

Campanha Pode Ser Rosa, Pode Ser Azul

A Prefeitura Itapevi lançou em 1º de outubro, a campanha "Pode ser Rosa, Pode ser Azul" com uma série de atividades para Outubro e Novembro, meses de prevenção e conscientização dos cânceres de Mama e de Próstata.

Entre as ações estão as inéditas tatuagens reparadoras e definitivas em mulheres que fizeram mastectomia (procedimento cirúrgico de remoção total ou parcial das mamas); Caminhada de conscientização pelas ruas da cidade; Distribuição de 20 mil panfletos alertando sobre a importância da prevenção para essas doenças; Exames de sangue PSA para todos os homens acima de 40 anos na rede pública de saúde; 700 exames de mamografias para as mulheres acima de 40 anos, sendo que para quem tem de 50 a 69 anos, pode agendar a consulta pelo 0800, sem a necessidade de pedidos médicos; além da distribuição de 9 mil laços azuis e rosas e um ciclo de palestras que serão realizadas nos CRAS.

Essas são as atividades que a Prefeitura promoverá para celebrar as tradicionais campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul, período em que ganha evidência na sociedade essas enfermidades.

O evento é coordenado pela Secretaria Municipal de Saúde e a iniciativa de realizar as duas campanhas simultaneamente é para reduzir custos e otimizar a mobilização dos cidadãos e de profissionais em um período maior de conscientização sobre os assuntos. 

Veja mais notícias sobre ItapeviSaúde.

Veja também: