Sabesp inicia segunda obra na rede coletora de esgoto de Itapevi

Foto-1-Clio-Junior-1
O tempo aproximado de obras é de 30 dias úteis

A Sabesp iniciou, nesta terça-feira (30), a segunda obra de readequação da rede coletora de esgoto. As obras acontecem em frente à estação da CPTM, pela Rua Joaquim Nunes, seguindo pela Avenida Rubens Caramez, já na próxima sexta-feira (2). Elas serão executadas em um trecho de aproximadamente 400 metros entre a Praça 18 de Fevereiro e a Praça Carlos de Castro, no Centro. O tempo aproximado de obras é de 30 dias úteis.

Interdição de pistas

Para a realização dos trabalhos, a Sabesp contará com o apoio do Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) de Itapevi. Na segunda-feira (29) foram realizadas interdições totais das pistas no início da Avenida Cesário de Abreu, em frente à padaria Michelli, seguindo por toda extensão da Avenida Rubens Caramez até a Avenida Brasil. Uma segunda interdição foi realizada em um trecho menor na Rua Joaquim Nunes até a Praça Carlos de Castro.

Os motoristas devem evitar a região é será necessário acessar a Avenida Feres Nacif Chaluppe, conhecida como o Corredor Oeste, para seguir rumo Cotia. A Rua Manoel Alves Mendes e, subindo pela Rua Leopoldina de Camargo será outra opção no sentido Centro e bairro.

Obra é uma das três realizadas pela concessionária em readequação de rede

Desde o dia 25 de junho, a Sabesp executa obras de readequação da rede coletora de esgoto na Avenida Rubens Caramez, na região do Ginásio de Esportes, no Centro, que seguem até a Escola Estadual Marechal Cândido Rondon, na Vila Aurora. As obras estão sendo concluídas e levaram cerca de 30 dias. Neste momento a via está sendo desinterditada e apenas detalhes de finalização são realizados.

Desde o início, o Demutran (Departamento Municipal de Trânsito) interditou cerca de 700 metros da pista lateral da Avenida Rubens Caramez, no sentido Cotia. Na outra faixa, de pista dupla, os veículos trafegam em duas mãos.

A readequação da rede coletora tem como objetivo atender ao plano da concessionária de instalar 40 quilômetros de extensão da rede que levará os dejetos para a Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) em Barueri.

"Desde o início de 2017 alguns comerciantes e a Sabesp já demonstravam problemas com tubulações de esgoto desgastadas pelo tempo de uso e de construção", explica o secretário de Infraestrutura e Serviços Urbanos, Ramon Medrano de Almada.

"Com o projeto apresentado pela concessionária, o melhor que fazemos é optarmos pela melhora da infraestrutura da região e do comércio local, evitando pequenos reparos e manutenção que já não são mais viáveis", disse.

Estrada do Itaqui

O terceiro ponto da cidade que deverá passar por readequação da rede coletora será do início do SAMU Regional Oeste (Avenida José Michelotti, 400 – Cidade Saúde) até a Estrada do Itaqui, no Jardim Nova Itapevi.

Os trabalhos devem ser iniciados após a conclusão das obras entre a Praça Carlos de Castro e a Praça 18 de Fevereiro e deverão interligar a rede às águas do córrego Barueri Mirim para que sejam levados à ETE Barueri. Até lá, serão definidos os pontos de interdição do trânsito. 

Veja mais notícias sobre ItapeviObras.

Veja também: