GCM lacra três bares e interrompe baile funk irregular em Itapevi

foto-1-divulgao-3
Durante a operação foram averiguadas 316 pessoas e três bares foram lacrados: um no Jardim Briquet, um no CDHU Vila Gióia e outro na Cohab.

 Com o objetivo de garantir a segurança da população, combater bailes funk e pancadões sem autorização, além de reduzir os casos de perturbação de sossego na cidade, a Prefeitura de Itapevi realizou, na última sexta-feira (10) e sábado (11), mais uma Operação Noite Tranquila;

Durante a operação foram averiguadas 316 pessoas e três bares foram lacrados: um no Jardim Briquet, um no CDHU Vila Gióia e outro na Cohab. Os proprietários foram multados por perturbação do sossego e por irregularidades com documentação de funcionamento.

Além disso, foram notificados e fechados outros oito estabelecimentos comerciais por perturbação do sossego.

A operação também interrompeu um baile funk irregular que acontecia na Estrada Elias Alves da Costa, no Parque Boa Esperança. A equipe chegou até o local via divulgação em redes sociais do evento. A Noite Segura registrou três multas de trânsito e cinco motocicletas foram recolhidas em situação irregular e levadas ao pátio.

A ação foi realizada em parceria com a Polícia Militar, o Setor de Fiscalização de Posturas da Prefeitura e os grupamentos da ROMU (Ronda Ostensiva Municipal), do Canil e da ROM (Ronda Ostensiva em Motocicleta), além da Cecom (Central de Comunicação) da GCM. Os bairros alvo da operação foram: Jardim Briquet, Jardim Paulista, Chácara Vitápolis, Cohab I e II, CDHU Vila Gióia, Parque Boa Esperança, Parque Mira Flores, Vila Dr. Cardoso e Residencial das Flores.

"A Noite Tranquila é um pedido da população para que a ordem e a segurança sejam cumpridas, oferecendo paz à população, sobretudo aos finais de semana. Há cerca de um mês intensificamos os trabalhos de fiscalização e os resultados são tranquilidade para a sociedade", disse Humberto Araújo, comandante da Guarda Civil Municipal de Itapevi.

No final de semana anterior, nos dias 4 e 5 de maio, a GCM, PM e a Fiscalização da cidade já haviam realizado uma Operação Noite Tranquila que resultou em 386 pessoas averiguadas, 13 estabelecimentos comerciais fechados, um lacrado no Centro por falta de alvará de funcionamento, sete comércios foram notificados para realizarem o cumprimento dos horários de funcionamento permitidos por lei, três multas de trânsito foram aplicadas e uma máquina caça-níquel foi apreendida.

Os bairros alvo da operação foram: Parque Mira Flores, Cohab, Vila Nova Itapevi, Vila São Francisco, Jardim Dona Elvira, Chácara Vitápolis, Vila Dr. Cardoso, Cohab I e II, Amador Bueno, Jardim Cruzeiro, Jardim Alabama, CDHU Vila Gióia, Parque Boa Esperança, Vila dos Mineiros e Jardim Paulista.

Para denunciar, a população pode entrar em contato com a GCM pelos telefones 153, 4205-2433 e pelo 190 da Polícia Militar – todos com atendimento 24 horas por dia.

Veja mais notícias sobre Itapevi.

Veja também: