Centro de reabilitação de Itapevi leva pacientes ao cinema para estimular convívio social

Screenshot
As iniciativas incluem cinema, capoterapia (uso de elementos da capoeira), dança, música e utilização de espaços de convivência, dentre outras. (Foto: Divulgação)

Nesta terça-feira (26), o Centro de Reabilitação (Reab) da Cohab de Itapevi realizou uma atividade cultural com pacientes portadores de Mal de Parkison, Mal de Alzheimer e Acidente Vascular Cerebral (AVC). Em parceria com o Centerplex, eles assistiram a uma sessão no cinema do filme Como Treinar Seu Dragão.

Composto por 10 pacientes e 10 acompanhantes, o grupo participa desde junho do ano passado de uma série de ações para a melhora da coordenação motora e outras atividades funcionais do dia a dia.

"A atividade fez parte de uma abordagem da psicologia e terapia ocupacional deste público que atendemos", explicou o coordenador do Reab, Rogério Moreira dos Santos. O objetivo é incentivar os participantes a se envolverem em atividades sociais, de lazer e de cultura. "Esta medida estimula as habilidades cognitivas e emocionais destes pacientes", disse.

A abordagem terapêutica foi implementada pelos especialistas do Centro de Reabilitação em 2018. As iniciativas incluem cinema, capoterapia (uso de elementos da capoeira), dança, música e utilização de espaços de convivência, dentre outras.

"A atividade cultural entra no contexto do grupo quando pensamos na necessidade de o ser humano viver em sociedade, e essas patologias causam, como consequência, o afastamento e isolamento social", diz Santos.

As sessões em grupo e individuais acontecem todas as terças-feiras, às 13h, no Reab. Atualmente, o Centro de Reabilitação atende 2925 pacientes por mês.

Sala Sensorial

Em setembro do ano passado, a Prefeitura inaugurou a Sala de Estimulação Sensorial, que oferece atendimento especializado para crianças com dificuldades no desenvolvimento neuropsicomotor, paralisa cerebral e microcefalia. A estimulação sensorial é fundamental para aumentar as habilidades motoras, equilíbrio e fortalecimento da criança.

O espaço possui área de 10 m², conta com equipamentos para exercícios de reabilitação que foram doados à Prefeitura.

O espaço tem rede suspensa, arco de estimulação e brinquedos sonoros e de raciocínio. Ela atenderá crianças com idade de 0 até 7 anos de idade. No local, cerca de 20 profissionais da saúde, dentre fisioterapeutas, fonoaudiólogos, terapeutas ocupacionais e psicólogos fazem atendimento em horários e escalas alternadas, de segunda a sexta-feira, das 7h às 16h.

O local tem capacidade para atender cerca de 24 pacientes por dia e realiza atendimento individual ou em grupo. Por mês, são 480 atendimentos e, por ano, cerca de 5,7 mil crianças são atendidas na Sala de Estímulo Sensorial por profissionais especializados.

Novos equipamentos

Em abril de 2017, o Reab recebeu quatro bicicletas ergométricas, três esteiras, 10 pranchas de equilíbrio e conjuntos de halteres. O material foi adquirido por meio de um convênio de 2015. Os equipamentos são utilizados nas sessões de fisioterapia dos pacientes do Centro de Reabilitação que realiza, em média, três mil atendimentos por mês. Além dos equipamentos para a área clínica, o centro também recebeu 12 mesas de escritório, 40 cadeiras e duas impressoras multifuncionais.

Sorriso Especial

Em março do ano passado, a Prefeitura inaugurou o Sorriso Especial, um serviço de atendimento odontológico exclusivo para pessoas com deficiência. Ele funciona no Reab.

O serviço, que conta com sala adaptada e ar-condicionado realiza 5 horas de atendimento odontológico especializado por dia, de segunda a sexta-feira, das 7h às 12h, com capacidade para a realização de 100 atendimentos mensais. Atualmente, o município atende, em média, 800 pacientes especiais cadastrados na Secretaria de Saúde. 

Veja mais notícias sobre Itapevi.

Veja também: